Smart Cities

Quando uma cidade consegue se desenvolver economicamente e melhorar a qualidade de vida de seus habitantes, ela é considerada uma Smart City. Essa definição é trazida pelo Boyd Cohen, pesquisador americano e PhD em urbanismo. Para Boyd, as soluções encontradas pelas Smart Cities, são pensadas a fim de beneficiar os cidadãos locais. Para identificar uma cidade inteligente é necessário conhecer algumas das características que as diferenciam de outras cidades. Segundo especialistas, uma cidade inteligente é reconhecida através de sua: economia, mobilidade, governo, meio ambiente e qualidade de vida de seus habitantes. Sendo assim, soluções que incentivam a economia, como a criação de novas empresas e estímulo ao empreendedorismo, ajudam uma cidade a se tornar uma cidade inteligente.

Ao redor do mundo encontramos diversos exemplos de cidades inteligentes que se tornaram referência mundial em desenvolvimento urbano. Songdo, na Coréia do Sul, foi eleita pelo The Guardian como a primeira cidade inteligente do mundo. Foi planejada em volta do aeroporto da cidade e tem toda sua infraestrutura voltada para ele. A cidade possui 25 km de ciclovias, um lago e um canal com água do mar que mantem a umidade do ar sem precisar utilizar água potável, sensores subterrâneos que ajudam o tráfego e um sistema eficaz de descarte de lixo que elimina a necessidade de coleta de lixo. Outro exemplo é Copenhague, na Dinamarca. A cidade já ganhou duas vezes o prêmio de melhor cidade inteligente da Europa, elaborado pela revista Fast Company. A cidade conseguiu diminuir consideravelmente a emissão de carbono na atmosfera e metade de sua população utiliza a bicicleta como principal meio de locomoção.

As cidades brasileiras não estão presentes em grandes rankings mundiais, porém, algumas cidades vêm apresentando índices significativos de desenvolvimento. Barueri em São Paulo se destacou na economia. Em 2016, a cidade tinha o maior PIB per capita de todas as cidades visitadas pelo Connected Smart Cities. A cidade também foi a primeira a utilizar do sistema Smart Grids para a distribuição de energia. Tubarão em Santa Catarina, possui a maior usina de energia solar do país e o CSC também apontou como uma das 100 cidades mais seguras do país.

No coração do Ceará nasce a primeira cidade brasileira totalmente inteligente. A smart city Laguna possui mais de 3 milhões de metros quadrados distribuídos em lotes residenciais, empresariais e de serviços. O projeto do Grupo Planet visa reunir todas as características de uma cidade inteligente em um local estratégico que beneficie todos os cidadãos e empreendedores. Além de possuir espaços públicos, áreas verdes e comércio, o projeto é o primeiro a pensar em habitações sociais que podem ser adquiridas através do Minha casa, Minha vida.

Se tornar inteligente virou uma prioridade das grandes cidades. Assim, em um mundo perfeito, todos os cidadãos terão direito a uma boa qualidade de vida e um ambiente alto sustentável.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *