M-Learning

O termo “M-Learning”, que se refere a “Mobile Learning” ou “Aprendizagem Móvel”, é uma modalidade de ensino que permite a professores e alunos interagirem à distância, num ambiente virtual de aprendizagem, com acesso a internet. Em outras palavras, é a integração de tecnologias móveis para uso da educação. Essa nova forma de interação fornece a possibilidade do acesso ao conhecimento e informação para a sociedade atual, atendendo, principalmente, às necessidades dos alunos universitários, fazendo com que eles sejam capazes de conciliar trabalho, aprendizado e estudo, quando e onde quiserem (TAVARES, OLIVEIRA, LARANJEIRO, ALMEIDA, 2015). Com o avanço das tecnologias móveis, o M-Learning vem, cada vez mais, dividindo espaço com o sistema de ensino tradicional, enriquecendo-o. Muitas Universidades ao redor do mundo estão adotando essa tecnologia a favor do ensino, disponibilizando aos alunos a possibilidade de aprendizagem em qualquer lugar e a qualquer hora por diferentes meios (AL-EMRAN, 2016, p.94).

Estudos realizados demonstram que a aceitação do M-Learning por estudantes de ensino superior considera o desempenho, a experiência do usuário, a interface, e a influência de professores em relação ao método de ensino (ABU-AL-AISH; LOVE, 2013 apud  AL-EMRAN, 2016). Dessa forma, o M-Learning também proporcionou o crescimento do “Universal Design for Learning” (UDL), ou seja, a construção de ambientes onlines ergonômicos e intuitivos, de fácil acesso ao usuário universitário, que baseia todo o seu processo de construção, metodologia e interação em estudos de Neurociência e teorias de aprendizagem atuais. Com isso, surgiu a responsabilidade e o desafio em proporcionar múltiplos meios de envolvimento do usuário, de representação e de expressão e ação. Em função disso, cria-se espaços de aprendizagem de Ensino à Distância (EAD ou e-Learning), Ebooks, videoaulas, aplicativos, Gameficação, redes sociais acadêmicas, entre outras interfaces interativas. Englobando a diversidade dos alunos: as diferentes necessidades, capacidades, interesses, origens, experiências e diferentes maneiras de aprender (UNESCO, 2004, apud TAVARES, OLIVEIRA, LARANJEIRO, ALMEIDA, 2015); e, desta forma, isso torna a educação mais inclusiva, mais centrada no aluno e, assim, mais democratizada. Com isso, percebemos o quão importante é o papel do M-Learning para a inclusão social pelo ensino à distância.

O Brasil ainda adere em sua maioria o padrão de ensino tradicional, sala de aulas com livros, cadernos, lousa. A tecnologia tem um alcance enorme, mas o acesso às tecnologias móveis ainda são predominantemente utilizadas para fins pessoais, tais como acesso às redes sociais e notícias de interesse. Um dos motivos é o distanciamento de gerações, com predominâncias em escolas públicas os professores ainda optam por utilizar métodos precedentes ao M-Learning. Em instituições universitárias, é evidente o acompanhamento com a introdução de novas plataformas e aparelhos, com praticamente todo o conteúdo utilizado disponível em ferramentas de compartilhamento simultâneo a essencialidade do uso de aparelhos se tornam indispensáveis para alunos e professores.

REFERÊNCIAS

 

AL-EMRAN, Mostafa; ELSHERIF, Hatem M.; SHAALAN, Khaled. Investigating attitudes towards the use of mobile learning in higher education. Computers in Human Behavior, v. 56, p. 93-102, 2016.

 

TAVARES, Rita; OLIVEIRA, David; LARANJEIRO, Dionísia; ALMEIDA, Margarida. Universal Design for Learning: potencial de aplicação no Ensino Superior com alunos com NEE e por recurso a tecnologias mobile. Educação, Formação & Tecnologias, 8 (1), 84-94 [Online], disponível a partir de http://eft.educom.pt.

 

EDOOLS. Mobile Learning. Disponível em: <https://www.edools.com/mobile-learning/> Acesso em: 30 de Agosto de 2018.

 

MOCELIN, Roberta. Mobile Learning no Brasil: Um estudo exploratório sobre as iniciativas relatadas na literatura. Disponivel em <https://repositorio.ufsc.br>. Acesso em 30 de Agosto de 2018.

 

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *